• Tatiana Py Dutra

Alta do dólar vai pesar no preço dos vinhos nacionais e importados

Após segurar cotação, Wine, maior clube de assinatura do mundo, anunciou reajuste gradual nos preço s dos produtos a partir do mês de abril

Tenho uma má notícia para você que, como eu, aprecia um bom vinho: a alta do dólar e a epidemia de coronavírus estão pressionando o preço do produto.

A expectativa dos importadores é que os preços subam até 10% em abril. Produtores brasileiros que importam insumos do Exterior também projetam alta nos preços.

O reajuste coincide com a época de Páscoa – terceira melhor época de vendas para o setor, depois da temporada de inverno e do Natal.

No último dia 30 de março, a Wine, maior clube de assinatura de vinhos do mundo, enviou comunicado aos clientes anunciando o reajuste gradativo de preços a partir de 1º de abril. Para não perder faturamento, a empresa aumentou o prazo de parcelamento das compras de seis para 12 vezes, entre outras medidas.


“A partir do dia 01/04 iremos reajustar os preços de forma gradativa e moderada dos nossos produtos no site e no app. O sócio Wine pode ficar tranquilo: esse aumento não se aplica nas assinaturas de clube”, diz o comunicado.

0 visualização

© 2020 por BOA DE GARFO. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram