• Tatiana Py Dutra

O São João do Cerrado dá caldo

Ensopados e cremes salgados são tradição nas festas juninas do Centro-Oeste

Canjiquinha com costelinha

Se na minha terra natal, o Rio Grande do Sul, as festas juninas não têm lá tanta força folclórica, em muitas regiões brasileiras, é praticamente um Carnaval fora de época.


Foi o que percebi quando me mudei para Brasília: as festas são gigantescas e diárias, e você só passa incólume por elas se quiser (e há o risco de você acabar participando a contragosto).


E assim é em todo o Centro-Oeste, região que recebe gente de todos os cantos do país e que, por isso mesmo, tem um São João bastante eclético, com Bumba Meu Boi, Bumbá, Chegança e quadrilha.


Outra coisa que eu achei bacana, é que além de pipoca, quentão e pé-de-moleque, os pratos juninos daqui incluem pratos quentes encorpados, como galinhada, preparos com carne seca e caldos variados.


Como em boa parte do país a temperatura está baixa, acho mais do que conveniente reproduzir aqui algumas receitas que podem ser feitas nesta quarta-feira ou em qualquer dia que lhe apeteça.


Tente isso em casa!


Caldo verde fácil

Ingredientes

  • 8 batatas em cubos

  • 1,5 litro de água

  • 2 gomos de linguiça calabresa em rodelas

  • 200g de bacon picado

  • 1 cebola picada

  • 5 folhas de couve fatiada

  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

  • Torradas para acompanhar

Modo de preparo

  1. Cozinhe as batatas na água e sal até que estejam macias. Triture com o mixer ou no liquidificador e reserve

  2. Em outra panela, em fogo médio e frite a calabresa e o bacon na própria gordura até dourar. Adicione a cebola e refogue por 3 minutos

  3. Acrescente a batata batida e cozinhe até ferver. Junte a couve, tempere com sal e pimenta e cozinhe por mais 3 minutos

  4. Transfira para uma sopeira e sirva


Cuscuz mole

Ingredientes

  • 1 peito de frango grande ou 2 pequenos

  • 2 tabletes de caldo de galinha (opcional)

  • 1 cebola picada

  • 1 lata de tomate picado ou extrato de tomate

  • 1 lata de milho verde escorrido

  • 1 vidro de palmito escorrido e picado

  • ½ unidade de azeitona picada

  • 2 dentes de alho picado

  • 2 xícaras de farinha de milho

  • 2 colheres de sopa de óleo

  • Salsinha ou cebolinha picada

  • Sal

Modo de preparo

  1. Coloque o peito de frango na panela de pressão, cubra uma xícara e meia de água (adicione mais água se necessário) e acrescente os tabletes de frango.

  2. Leve no fogo, deixe cozinhar por 15 minutos depois de sair a pressão e desligue. Quando o frango estiver pronto, escorra o caldo e reserve-o

  3. Quando esfriar um pouco, desfie a carne

  4. Em uma panela à parte comece preparando o refogado deste cuscuz mole de festa junina: refogue no a cebola e os alhos no óleo até dourarem

  5. Junte o frango desfiado, o tomate, o milho, as ervilhas, o palmito e as azeitonas. Misture tudo e acrescente o caldo do cozimento do frango junto com 1,5 litro de água. Deixe ferver por 10-15 minutos para apurar o sabor

  6. Mexendo sempre, junte a farinha de milho. Acerte o sabor com sal e espere ferver de novo ou engrossar no ponto pretendido para desligar. Finalize com a salsinha ou cebolinha

Canjiquinha com costelinha

Ingredientes

  • 500g de costela suína (pode ser substituído por frango, lombo ou mesmo carne bovina)

  • 50g de bacon picado

  • Cebolinha a gosto

  • Salsa a gosto

  • 1 cebola picada

  • 2 colheres (sopa) de polpa de tomate

  • 6 colheres (sopa) de óleo

  • Pimenta e sal a gosto

Modo de preparo

  1. Tempere a costelinha com sal e pimenta, e deixe descansar por aproximadamente 10 minutos Em uma panela, coloque a canjiquinha, três colheres de sopa de óleo e cubra com água (dois dedos acima do grão). Leve ao fogo e deixe cozinhar por 10 minutos. Acrescente um pouco de pimenta para pegar o sabor.

  2. Em outra panela, aqueça o restante do óleo. Acrescente a costelinha e deixe dourar de todos os lados. Assim que ela for dourando, acrescente um pouco de água para terminar o cozimento

  3. Quando ela estiver no ponto, acrescente o bacon e deixe dar uma leve refogada. Depois, coloque o alho, a cebola e misture. Deixe a cebola murchar e coloque a polpa de tomate

  4. Junte a canjiquinha e a costelinha em uma só panela, acrescente uma xícara de água e deixe cozinhar para apurar o sabor. Por fim, ponha sal e pimenta, se necessário. Mexa e, depois, sirva em uma vasilha, acompanhada de cebolinha ou salsinha


0 visualização

© 2020 por BOA DE GARFO. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram